Maria Helena materializa Vila Artística Dans`Artes

A coreógrafa Maria Helena Pinto organizou recentemente na comunidade de Djonasse, Distrito de Boane, uma Feira, sob o lema “Traga um Tijolo e Ajude a Construir a Vila Artística Dans´Artes”. O evento tinha como objectivo angariar apoios para a conclusão das obras do centro onde os artistas vão poder trocar experiencia e aperfeiçoar a sua arte. Como ficamos a saber no local cada indivíduo participante levava consigo para contribuir apenas um tijolo. O evento que contou com a participação de duas centenas de pessoas, incluindo autoridades governamentais, assim como artistas nacionais e internacionais, teve espaço onde alguns artistas exibiram os seus conhecimentos através de exposição, artesanato, culinária, música, dança, teatro, poesia, entre outras.

Naquele centro estão a ser erguidas infra-estruturas diversas, nomeadamente, sala de teatro, ginásio, estúdio de gravação, Internet-Café, restaurante, piscina, guaritas, e uma casa de acolhimento de artistas sendo que esta última já existe. O centro passará a acolher diferentes actividades como formações, workshops e intercâmbios artístico-culturais de forma a possibilitar a aquisição de fundos para os artistas e a própria vila. De acordo com Maria Helena Pinto, promotora da iniciativa a construção do Dans`Artes é um sonho que veio como um meio catalisador da indústria artística do país. Ela surgiu porque sentimos que havia necessidade ter um espaço onde os artistas pudessem expor as suas obras e ter intercâmbios. Espero que coabitem todas as disciplinas artísticas, disse Pinto.

O Inspector-geral da Cultura, Arnaldo Bimbe, intervindo na ocasião disse que esta é uma oportunidade para os fazedores da arte e cultura do país poderem discutir sobre alguns assuntos da classe. A vila vai permitir à sociedade ter acesso a mais um espaço cultural, no qual se vão desenvolver as artes e outras formas de manifestação cultural, disse.

Entretanto, o evento contou com a presença de duas artistas americanas nomeadamente uma produtora e uma realizadora, Jacqueline Cofield N`Namdi e Kamali Minter da J Revê International Productions. Entusiasmadas com o cenário que viveram, manifestaram o interesse de ajudar a promotora da iniciativa, através da gravação de dois filmes de curta e longa-metragem a relatar o sonho do Dans’Artes.  Conheci a Maria no ano passado num festival nos Estados Unidos e foi lá onde nos falou do Dans´Artes.A iniciativa impressionou-nos e por isso decidimos ajudar, disse Jacqueline. Segundo Jacqueline N`namdi os filmes serão exibidos nos EUA, França como forma de conseguir apoio para a mais rápida materialização do Dans`Artes. Antes de levar o filme para esses países, ele será exibido em Moçambique, país com o qual temos vindo a desenvolver intercâmbios com a Associação Moçambicana de Cineastas (AMOCINE).

Devolveu a cultura ao povo

O actor Elliot Alex, que levou ao evento uma peça teatral, falando sobre a iniciativa disse que Maria Helena Pinto é uma mulher de punho forte e aventureira. O seu trabalho é a dança mas mesmo assim ela procura, em seu projecto, abranger todas as vertentes artísticas. Outra coisa que me fascina nisso tudo é o facto dela poder levar a cultura da cidade para uma zona onde ninguém pensava que isso pudesse chegar. Abriu um espaço para a comunidade deste distrito interagir com alguns artistas e quem sabe também começar a aprender algumas técnicas da arte, disse.

Atelierda vida!

-Roberto Chitsondzo, músico e membro do Ghorwane

O músico Roberto Chitsondzo falando a nossa Reportagem sobre a iniciativa da Maria Helena Pinto disse que no mundo existem grandes estrelas que não só brilham por aquilo que fazem mas também pelas suas ideias; Maria Helena é uma delas. Ela está a ensinar-nos a contar com as nossas próprias mãos, do tipo se juntarmos bloco a bloco teremos alguma coisa. Para Chitsondzo o mais bonito de tudo istoé que ela nos traz uma experiência boa e faz da sua vida um grande atelier. Acredito que com essa vila as pessoas terão mais oportunidade de expor todo o tipo de artes.

Leave a Reply